Convênios Médicos
Digite abaixo o nome do convênio para localizar.
visualizar todos
 
 
Consultas & Exames
Agende agora mesmo a sua consulta ou verifique o resultado de seu exame.
Clique aqui!
 
 

Berçário Virtual
Digite o nome da mãe ou pai para visualizar a foto e os dados do bebê.
 
 
Corpo Clínico
Digite o nome do Médico
ou clique aqui e procure pela especialidade
 
 
   
Hospital › Notícias

Atenção - 13/01/2009
Hospital Carlos Chagas alerta sobre o risco de adquirir Gordura no Fígado

Festas de final de ano, muita comida gostosa e o peso na consciência por ter se alimentado em excesso. Sensação que é muito comum nessa época em milhares de pessoas. É tempo de refletir sobre um assunto pouco divulgado, mas muito comum, ocasionado a longo prazo também por uma má alimentação, um problema comum nos consultórios dos médicos hepatologistas é a Esteatose Hepática, popularmente conhecida como gordura no fígado.

Para pessoas que estão com sobrepeso, pressão alta, que são sedentárias, ou que têm diabetes, é interessante ficarem atentos ao fazerem exames de rotina e solicitarem ao médico uma avaliação do fígado, para diagnosticar se há ou não gordura no órgão. A Esteatose Hepática é uma doença silenciosa, que não gera sintomas até sua fase avançada. Uma amostra de sangue retirada para exames de rotina para verificar, por exemplo, o nível de colesterol, pode ser útil para avaliar o funcionamento do fígado.
Para ser um hepatologista, o médico adquire uma primeira especialidade Gastroentereologia e estuda novamente para adquirir essa sub-especialidade a Hepatologia, ou seja, todo médico Hepatologista é Gastroentereologista também. Quando um problema como gordura no fígado é diagnosticado o médico especialista, que trata exclusivamente das doenças do fígado é o Hepatologista.

Segundo a médica Hepatologista do Hospital Carlos Chagas, Dra. Luciana Bonassis Burg. “O paciente adquire gordura no fígado, depois ele inflama, e posteriormente ocorre uma cirrose, são estágios. A gordura no fígado não é a inflamação do órgão, a gordura ao longo do tempo pode inflamar o fígado e em último caso pode destruí-lo, é algo contínuo que acontece ao longo dos anos. Há casos que o paciente fica com a gordura no fígado 10 ou 20 anos, não sente nada, não sabe do problema, e ao longo dos anos o fígado vai sendo inflamado e destruído. Os sintomas só aparecem quando o fígado já está em um estágio de cirrose, nesse caso aparece o sintoma pela cirrose que é o estágio mais avançado das doenças do fígado. A maioria dos médicos não tem costume de pedir no check up os exames do fígado, são exames muito simples e baratos. Por isso, o que é comum no consultório é receber o paciente direto com a cirrose”, explica.

Vale ressaltar que com um simples exame de sangue e um ultrassom abdominal é possível verificar como está a saúde do fígado. “O fígado é um órgão central do corpo humano e está envolvido na produção de várias proteínas que são fundamentais para o corpo, como por exemplo, as proteínas da coagulação. Quando temos um corte, parte das substâncias que fazem estancar o sangue são produzidas pelo fígado, quando o fígado passa a funcionar mal, a pessoa pode ter dificuldade de estancar o sangue e assim, sangrar com mais facilidade. Além disso, ele é responsável pela produção de gorduras como o colesterol e o armazenamento de glicose (açúcares), e está envolvido em várias funções de todo o corpo humano”, conta a Hepatologista.

Como solução desse problema são ministrados medicamentos e a melhora depende da mudança de hábitos do paciente. “A maioria dos fatores envolvidos no acúmulo de gordura no fígado, para serem tratados dependem do paciente emagrecer, fazer uma dieta e praticar atividade física. O tratamento apesar de simples, torna-se difícil, já que o paciente tem dificuldade em aderir a essas novas mudanças na sua vida. O paciente é o maior colaborador e responsável pelo seu tratamento”, finaliza a médica.
Fonte: Mauren Phelippe – MTB 39275
Jornalista Responsável
Assessoria de Comunicação
Tel: 55(11) 2463-6301
E-mail: comunicacao@hcc.com.br
+ Ver todas as notícias
voltar                  imprimir                   enviar
Mais informações? entre em contato conosco!

 
 
 
 
Hospital Carlos Chagas S/A - Rua Barão de Mauá, 100 - Cep: 07012-040 - Guarulhos - SP
Atendimento 011 - 2463.5000 - 2463.5100 © 2007. All Rights Reserved
Home   |   Localização   |   Trabalhe Conosco   |   Privacidade   |   Contato  |   Área Restrita

Desenvolvido por Kogut eBusiness Solutions